APOIOS DA PAC MOTIVAM ELEVADA ADESÃO DOS AGRICULTORES

Data: 2019/06/04

Nº de visualizações: 18443

O número de agricultores com candidaturas submetidas às ajudas da PAC em Portugal, através do Pedido Único (PU) 2019, atingiu o valor de 183 649 o que demonstra a importância destes apoios enquanto contrapartida e suporte às atividades desenvolvidas pelos agricultores.

O período de candidaturas, encerrado a 31 de maio de 2019, registou um acréscimo de 418 candidaturas face ao ano de 2018 e mais 2 382 do que o valor do ano de 2017.

Os apoios da PAC, incluídos no PU, envolvem montantes de cerca de 891 MEUROS/ano sendo que a componente proveniente do FEAGA, de cerca de 594 MEUROS/ano, é 100% comunitária (não envolvendo esforço financeiro nacional).

Os apoios FEADER (Medidas Agroambientais, Manutenção da Atividade Agrícola em Zonas Desfavorecidas e Florestação de Terras Agrícolas) atingem um montante de cerca de 297 MEUROS/ano, sendo cofinanciados pelo Orçamento Público nacional em cerca de 19%.

Estes apoios da PAC visam compensar os agricultores europeus por desvantagens específicas que os mesmos enfrentam face aos seus concorrentes no mercado mundial, bem como comparticipar o acréscimo de custos por estes assumidos, pela prestação de serviços ambientais e na produção de bens públicos de interesse coletivo.

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico.