Atualizado a 2017/02/14

A partir de 8 de setembro de 2015, a movimentação de suínos para abate imediato deverá ser acompanhada de Guias de Circulação emitidas on-line, através da Área Reservada do Portal do IFAP, em O Meu Processo.

Novos procedimentos

Emissão de Guias de circulação

A emissão de guias poderá ser efetuada diretamente, pelo produtor na Área Reservada do Portal do IFAP, em “O Meu Processo”, nas Organizações de Agricultores Protocoladas com o IFAP para o efeito ou, em qualquer departamento dos Serviços Veterinários Regionais.

Intervenientes

A movimentação de suínos pressupõe sempre dois intervenientes:

  • Detentor de origem: que emite a Guia de Circulação que acompanha os animais até ao matadouro de destino
  • Matadouro de destino: que confirma a receção dos animais para abate imediato constantes da Guia de Circulação.

Só após a comunicação pelos dois intervenientes é que o movimento é registado na BD SNIRA.

Finalidades das guias

  • Guia de Circulação para abate imediato;

Tipo de movimentação

Movimentação de suínos em lote, com explicitação da identificação individual dos suínos positivos à doença de Aujeszky.

Autorização do movimento

Será verificado on-line, através de ligação à DGAV, se a exploração está autorizada a movimentar animais para abate imediato.

 

 

Para esclarecimentos adicionais poderá dirigir-se à sua organização de agricultores ou a um Serviço Veterinário Regional, bem como ao IFAP, através do endereço de correio eletrónico ifap@ifap.pt, ou ainda pelos restantes canais de atendimento que tem ao seu dispor: Atendimento Presencial, na Rua Fernando Curado Ribeiro, n.º 4G, em Lisboa, Atendimento Eletrónico ou pelo Call Center 217 513 999.

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico.